Dienstag, 20. Juni 2017

Ando tão à flor da pele
Que qualquer casal de mãos dadas me faz chorar
Ando tão à flor da pele
Que saio feito um louco pela rua querendo parar qualquer um pra dizer
Que cuide do seu amor

Montag, 19. Juni 2017

Sentindo uma dor lancinante me imaginando voltando pra esse apartamento sozinho

Ah
Se eu soubesse que a morte ia me fazer o desatino
De me deixar perambular destruído

Sonntag, 18. Juni 2017

Samstag, 17. Juni 2017

I'll wait a thousand years
Just to see you smile again


Freitag, 16. Juni 2017

I can tell you why
People go insane

Mittwoch, 14. Juni 2017

Na bruma leve das paixões
Que vêm de dentro
Tu vens chegando
Pra brincar no meu quintal
No teu cavalo
Peito nu, cabelo ao vento
E o sol quarando
Nossas roupas no varal

Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais

A voz do anjo
Sussurrou no meu ouvido
Eu não duvido
Já escuto os teus sinais
Que tu virias
Numa manhã de domingo
Eu te anuncio
Nos sinos das catedrais

Dienstag, 13. Juni 2017


- Peço-lhe - continuou ela -, é absolutamente necessário; peço-lhe pelo meu sossego: isso não pode durar assim; não, isso não se pode...

Ele esgazeou os olhos e caminhou pela sala, murmurando entre dentes: "Isso não pode durar assim!" Carlota, sentindo em que estado de espírito Ele repetia essas palavras, esforçou-se em mudar o curso dos seus pensamentos, mas em vão.

- Não, Carlota! - exclamou Werther. - Nunca mais a verei!

- Por que, Werther? - replicou ela. - Você pode, você deve tornar a ver-nos; somente, precisa conter-se. Oh! por que nasceu você com esse ardor apaixonado que se prende obstinadamente a tudo quanto o impressiona!... Peço-lhe - prosseguiu ela, tomando-lhe a mão -, seja senhor de si! O seu espírito, os seus conhecimentos, os seus talentos não lhe ofereciam inclinação por uma criatura que nada mais pode fazer senão sei- agradável!

(...)

Na segunda-feira, pela manhã, 21 de dezembro, Ele escreveu a Carlota a seguinte carta, que foi, depois da sua morte, encontrada fechada sobre o bureau e remetida à destinatária. Transcreve-la-ei aos fragmentos, como, ao que tudo indica, teria sido escrita:

E coisa resolvida, Carlota: quero morrer. Escrevo-lhe isto tranqüilamente, sem exaltação romanesca, na manhã do dia em que a verei pela ultima vez. Quando você ler esta carta, minha bem-amada, o túmulo frio cobrirá os restos enregelados do infeliz, de espírito inquieto, que não sabe de mais doce emprego a fazer dos ,seus últimos momentos de vida senão entrete-los com aquela a quem tanto amou. Passei uma noite terrível, mas também, ai de mim, uma noite benfazeja, que fortaleceu, fixou a minha resolução. Quero morrer!".

Montag, 12. Juni 2017

 I would rather, I would rather go blind, girl,
Than to see you walk away from me, babe

Sonntag, 11. Juni 2017

Oh, quickly string!

Primeira vez na vida que eu acho que penduraria alguém num poste sem ressentimento
"Menino, bota o casaco que tá frio"
"Menino, para de usar roupa escura"
Não tá frio
Não tá escuro
Tá homogêneo



As horas em que eu mais precisaria escrever aqui
Tô overdrunk
Salvo pelo corretor

A verdade é
Que eu tô exausto de chegar drunk
Que eu tô procurando você
Em cada pitola de cigarro
E acho que vou procurar pra sempre
Ou até que a morte te separe
Até que a morte te junte
A mim

Muito keats e muito shelley pqp

Samstag, 27. Mai 2017

How you got the power
To ruin my whole day
Com mulheres ignoradas, basta você dar atenção e carinho pra ganhar o interesse. Mas algumas são muito cobiçadas, uns seres angelicais que tão nem aí pra atenção, querem fugir disso. Aí eu faço o mesmo e me fodo de todo jeito. Eu tenho em mente o típico estereótipo daquelas que se apaixonam por mim e daquelas que a seta de chumbo fadou a ser minha tragédia.

Freitag, 26. Mai 2017

Tem dia que parece que a alma da gente fica morna, e perde o sentido. A gente perde o tesão, até pelos outros.

Dia de chuva aqui. Dia de provação e privação. Dia de ficar em casa com todas as luzes desligadas.

Donnerstag, 25. Mai 2017

You could have been number one
And you could have ruled the whole world
And we could have had so much fun
But you blew it away

Dienstag, 16. Mai 2017

Muito pesado
ouvir tua voz

Sonntag, 14. Mai 2017

Subir no palco ridículo
Da sociedade, e acreditar
No papel que te dão,
Fajuto,
Hipócrita,
Te dando o direito
De se sentir herói, e te fazendo pensar
Que o que você sabe tem o poder de
Fazer diferença, e resolver o sofrimento
No peito de cada ser-aí.

Onde queres revólver, sou coqueiro
E onde queres dinheiro, sou paixão
Onde queres descanso, sou desejo
E onde sou só desejo, queres não

E onde não queres nada, nada falta
E onde voas bem alto, eu sou o chão
E onde pisas o chão, minha alma salta
E ganha liberdade na amplidão

Onde queres família, sou maluco
E onde queres romântico, burguês
Onde queres Leblon, sou Pernambuco
E onde queres eunuco, garanhão

Onde queres o sim e o não, talvez
E onde vês, eu não vislumbro razão
Onde o queres o lobo, eu sou o irmão
E onde queres cowboy, eu sou chinês

Ah! Bruta flor do querer!
Ah! Bruta flor, bruta flor.

Onde queres o ato, eu sou o espírito
E onde queres ternura, eu sou tesão
Onde queres o livre, decassílabo
E onde buscas o anjo, sou mulher

Onde queres prazer, sou o que dói
E onde queres tortura, mansidão
Onde queres um lar, revolução
E onde queres bandido, sou herói

Eu queria querer-te amar o amor
Construir-nos dulcíssima prisão
Encontrar a mais justa adequação
Tudo métrica e rima e nunca dor

Mas a vida é real e é de viés
E vê só que cilada o amor me armou
Eu te quero (e não queres) como sou
Não te quero (e não queres) como és

Ah! Bruta flor do querer!
Ah! Bruta flor, bruta flor.

Onde queres comício, flipper-vídeo
E onde queres romance, rock'n roll
Onde queres a lua, eu sou o sol
E onde a pura natura, o inseticídio

Onde queres mistério, eu sou a luz
E onde queres um canto, o mundo inteiro
Onde queres quaresma, fevereiro
E onde queres coqueiro, eu sou obus

O quereres estares sempre a fim
Do que em mim é de mim tão desigual
Faz-me querer-te bem, querer-te mal
Bem a ti, mal ao quereres assim

Infinitivamente pessoal
E eu querendo querer-te sem ter fim
E, querendo-te, aprender o total
Do querer que há, e do que não há em mim.

Dienstag, 25. April 2017

Eu quero pegar você
Jogar no meu sofá
E conversar besteira te vendo rir a noite toda

Samstag, 22. April 2017

Dienstag, 18. April 2017

Pretty lady, the horses are back
Bringing joy and happiness

Sonntag, 16. April 2017

Vendo que tu não me ama
Foi foda preu me amar

Montag, 10. April 2017

AMOR HEREGE

venho aqui gritar heresias

Essa é uma noite em que eu não poderia ficar sozinho. É uma noite em que o vinho me deixou mais à flor da pele e a minha vontade é de vagar sangrando por esse apartamento velho. É um momento de dor e chuva, em que eu consigo ouvir pouco além da água que tá caindo lá fora. É noite de acender uma vela e ascender. E chorar. É noite de ouvir 'Tide of Tears' e 'Trouble of the World'. É noite de abrir tua foto profanada, sentir o aço frio do meu amor herege rasgar a minha alma

...e desejar que em outra dimensão se encontrasse desgarrada; e agarrada. É noite de me odiar e querer incendiar cada polegada do meu corpo. Noite de repulsa e de sangue.

Ah, tivesse essa dor um termo!... e out of a sudden tudo formasse sentido e tu abandonasse tudo pra se refugiar no meu buraco maldito; e nós fossemos condenados e seguíssemos, como dois condenados. Dois condenados! Minha alma e a tua aurora.

Toda noite eu visse teus olhos, toda noite louvasse a cor da tua pele e visse

tua boca avermelhar
e juntar
minhas lágrimas de sangue desse piso morto.

e se eu te disser
'é assim, resolveu então siga'
saiba do meu medo
de terminar essa vida sem sentir a brisa fria dos teus olhos
me observando na noite dessa casa sombria

saiba
que eu sou o mais errado
e que por mim a gente botava um ponto final,
decretava uma tragédia
em que a gente morre pra nascer de novo

e que eu quero
ser teu refúgio e teu embrace

teu corpo no tapete
sob a luz da lua no canto da minha sala.

Shame!

Samstag, 8. April 2017

Pulei a fase
Na vida
De aprender a lidar com isso

Dienstag, 4. April 2017

Formar um retrato
Dos meus sentimentos com
Teu rosto em tela
Talvez pudesse
Tudo passar aquilo que eu não consigo dizer